quarta-feira, 7 de maio de 2008

O Flamengo e as Mensageiras do Rei

Segunda-feira, definitivamente, não é um dia bom. Mas se o Flamengo foi campeão no domingo, torna-se o dia mais feliz da semana!

Eu lembro dos meus tempos de escola, lá se vão... bem, não vem ao caso quantos anos já se passaram de lá pra cá. O fato é que meus colegas nunca entenderam porque eu chegava tão cansada pra pegar a aula das 7h na segunda. E quem disse que domingo é dia de descanso pra crente?

Não era mesmo. Chegava na igreja as 8h30 pra EBD, emendava o culto e depois o ensaio do coral jovem. Almoçava tarde. As 16h já estava de volta na igreja. Ensaio de outro coral. Emendava com as Mensageiras do Rei e culto da noite. É... Mensageiras do Rei (uma organização missionária para meninas de 9 a 16 anos que também era uma espécie de escotismo feminino batista). Fui Rainha Regente em Serviço (a mais alta patente!). Tinha o organograma completo, faixa, coroa, cetro e capa!

Essa organização teve uma importância inigualável na minha vida. Foi sem dúvida nas Mensageiras do Rei que aprendi a amar missões e onde também tive meus primeiros medos a respeito de um chamado que insistia em me atormentar ainda tão jovem.

Mas era um prazer inenarrável. Só quem foi Mensageira sabe. Nossos acampamentos estaduais no Sítio do Sossego, os congressos regionais, a rivalidade com outras organizações da região, os passeios, o Reconhecimento de Passos, os banquetes onde só participavam as graduadas Rainhas...

Sim, tínhamos um sistema de graduação. Menina, Filha, Princesa, Rainha, Rainha em Serviço, Rainha Com Cetro, Rainha Regente e Rainha Regente em Serviço. E não era fácil subir na organização! Tantas tarefas a cumprir, tantos textos a decorar! Mulher Virtuosa... pense no esforço pra memorizar os 21 versículos do texto de Salomão! (Pv 31.10-21)

E tínhamos um pacto.

"Reconhecendo as necessidades do mundo perdido nas trevas do pecado e desejando atender ao mandamento do Mestre prometo esforçar-me para:

Ser fiel ao serviço de Cristo, cooperando com as atividades da igreja e da denominação. Contribuir e orar pelo trabalho de missões no Brasil e no mundo. Lutar por conservar a mente pura e o corpo limpo, pronto para o Serviço. Falar sempre a verdade e não tomar o nome de Deus em vão. Reconhecer e corrigir os meus erros. Só assim crescerei espiritualmente na presença do meu Rei."

Era emocionante colocar-me de pé, estender a mão direita e recitar o pacto!

Também tínhamos os nossos cinco ideais:

1. Viverei em cristo pela oração.
2. Crescerei em sabedoria pelo estudo da Bíblia.
3. Reconhecerei à minha mordomia.
4. Enfeitar-me-ei com boas obras.
5. Aceitarei a responsabilidade da grande comissão.

Só agora me dei conta de que ensinaram a uma menina de 9 anos a aceitar a responsabilidade da Grande Comissão... Deu no que deu. Sou missionária!

Não há arrependimentos.

Algumas coisas não deviam mudar nunca. Mudaram as Mensageiras do Rei. Disseram que era necessário contextualizar. Na maioria das igrejas já nem existe mais. É uma pena. Minhas filha, se um dia a tiver, não poderá desfrutar do mesmo privilégio.

E eu entrei aqui para falar das segundas-feiras felizes que devo ao Flamengo...

Ser flamenguista é algo sensacional. Este ano estava em Barcarena, duas horas de barco depois de Belém, quando o Flamengo foi campeão da Taça Guanabara. Tinha tanta gente com a camisa do Fla e ouvi tantos fogos naquele rincão do país que por um momento imaginei-me de volta ao Rio de Janeiro. Para mim é até difícil de entender como pode ter tanta gente apaixonada por um clube de futebol que dista mais de mil quilômetros.

Também sou apaixonada pelo Flamengo. Mas o Flamengo não mudou a minha vida.

Sou apaixonada pelas Mensageiras do Rei. Jesus mudou a minha vida. Nas mensageiras eu aprendi a base da fé cristã onde me apoio até hoje.

Uma vez Flamengo, sempre Flamengo. Ser Mensageira também é para sempre.

Saudações rubro-negras!
"Levanta-te e resplandece porque já vem a sua luz" Is 60.1 (divisa das Mensageiras)

Sua,
Rainha Regente em Serviço

Ps: Porque afinal de contas fomos campeões, né? "Ah, meu Mengão, eu gosto de você. Quero contar ao mundo inteiro a alegria de ser rubro-negro."

Ps 2: Para fechar com um golaço: "Mas em nada tenho a minha vida por preciosa, contanto que cumpra com alegria a minha carreira, e o ministério que recebi do Senhor Jesus, para dar testemunho do evangelho da graça de Deus." At 20.24

6 comentários:

Ser mensageira era a melhor coisa do mundo!
Até me lembro de nosso uniforme: uma saia de pregas branca com a camiseta verde e amarela.
Foi com as mensageiras que participei pela primeira vez de um congresso longe dos meus pais e que recebi gente de outros lugares na minha casa. Também foi numa das nossas reuniões que falei pela primeira vez em público.
Na minha igreja tínhamos uma grande líder, a “vozinha”. Ela deveria ter uns 200 anos, mas inspirava muito respeito. Quando ela ia lá em casa eu até arrumava meu armário pra não fazer feio na frente dela. Minha mãe fazia questão de abrir o armário e mostrar que estava tudo organizadinho.
Um dia peguei a “vozinha” bebendo água direto da pia e ela me explicou que a gente não pode ter frescura porque poderíamos ser missionários lá na África e não teríamos esses luxos. Que saudade!
Quanto ao Flamengo, sem comentários... Não tem nada a ver com o texto! Se ainda fosse o Botafogo...

Então, esse negócio de mensageira é até legal.
contudo, o Flamengo nem tanto!
Concordo com a priscila, botafogo é time de quem pensa. Enfim, sem mais comentários. Importa que, pra sorte de vcs, o botafogo jogou mal na final do estadual.

liege, de novo, vc é demais!

bj rainha regente em serviço

:P

AI Q LEGAL!!! Parabéns!!! (por ser mensageira e flamenguista)
Estou EMOCIONADA, jah fiz parte das mensageiras do rei, mas só fiquei pouco tempo (cheguei na revista verde e fui a um congresso) pq mudei de igreja, hoje tenho 19 anos e do nada me veio a mente o pacto das mensageiras, fiquei tentando lembrar... então fui no google e procurei, e a primeira página q eu cliquei foi essa... q benção, olha só o q encontrei! É um tesouro isso. Estou mt feliz! Q Deus te fortaleça na sua missão! Abraços

Que legal. Bateu uma saudade das MR e resolvi fazer uma pesquisa no google, dai achei esse blog.. que bacana!! Quanta saudade do meu tempo de MR!! Vc falou tudo. A época de MR marcou a minha vida, me ensinou as bases do que eh ser crista! Que saudade das reunioes toda quarta-feira, dos congressos, dos acampamentos, das amizades, do reconhecimento de passos, dos jantares reais! Tempo bom que nao volta.
Deus te abencoe!!!

Puxa vida! Não fazia idéia que tinham tantas graduações...quando fui mensageira de 1999 a 2005 já eram apenas 5 graduações...hoje em dia sou conselheira e fico triste em ver que são 4 graduações... e mesmo assim tem meninas que não terminam...mas tento passar o valor dessa organização para as minhas MR e tenho fé que elas vão até o fim!
Sem contar que para ser MR comecei a frequentar outra igreja pq a minha tinha entrado na "onda de renovação" e não deram continuidade as MR...

Deus abençoe sua vida!

PS: Saudações vascaínas ;)

Olá Liege, tudo bem? Nossa, estava em busca da ordem dos passos das MR há mais de uma semana, e eis que o Google me apresenta o seu blog, com informações que buscava. E olha a coincidência, sou membro da IBPSB e estava no último culto que vc falou lá. Por acaso vc ainda tem o antigo manual das MR? Dia 08/07/12, termos um culto gratulatório pelos 30 anos das MR em São Basílio, e como fui a única de minha época a concluir todos os passos, fiquei responsável de falar como era, mas já esqueci muitas coisas. Queria fazer uma crônica sobre como era o reconhecimento de passos, comentar sobre algumas tarefas de cada passo, entre outros. Se por acaso vc tiver, há a possibilidade de fazer uma cópia? Se sim, meu email é elietecg@hotmail.com Agradeço desde já.

Saudações cruzmaltinas....rsrs

Postar um comentário