This is default featured slide 1 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

This is default featured slide 2 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

This is default featured slide 3 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

This is default featured slide 4 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

This is default featured slide 5 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

quinta-feira, 5 de julho de 2007

CM 2007: Último dia - CRISTO MAGNIFICADO

(Sexta-feira -06/07 - 2h50)
E a CM acabou. Confesso que sinto um vazio no peito. Os dias vividos aqui foram tão intensos, tão maravilhosos, tão... tão... tão... tão qualquer coisa que você possa imaginar de muito bom! A sensação que eu tinha é de estar vivendo um pedacinho do céu.

Agora são duas da manhã em Busan e tem duas pasquistanesas no meu quarto, pense! Isso é a CM 2007 (ainda recuso-me a escrever no passado), uma experiência de comunhão fabulosa. O programa terminou há três horas e estamos até agora socializando com as pessoas. Fotos e mais fotos e mais fotos e mais fotos! Presentes, abraços, sorrisos... dizemos até logo mesmo sabendo que a maior possibilidade de encontrar estas pessoas é apenas no céu. Mas estaremos lá, e se tivermos memória nos lembraremos que vivemos juntos nestes dias uma amostra do paraíso. Gente de toda tribo, raça e nação adorando o Senhor!

A ênfase deste dia foi Cristo Magnificado. Foi um dia de celebração incrível. Após a mensagem da manhã os coreanos nos levaram de volta ao avivamento de 1907 em Pyongyang através de fotos, depois vimos imagens da CM e eles baixaram uma enorme bandeira da Coréia profetizando pela fé um novo avivamento a partir da CM 2007.

A programação da noite durou cinco horas e foi muito emocionante. Ouvimos duas mensagens maravilhosas e o louvor, como sempre, foi arrebatador. A segunda mensagem foi proferida pelo diretor nacional da Cruzada na Coréia, Dr. Sung-Min Park, e no final da mensagem fomos informados que havia estudantes coreanos que ainda não eram convertidos. A interprete de inglês pediu então para que todos os congressistas internacionais orassem pela salvação destes estudantes enquanto Dr. Park dirigia a palavra a eles especialmente, sem interrupção da tradução. Centenas de estudantes receberam a Cristo e foram conduzidos pelos seus colegas até o palco para serem abençoados. Que coisa extraordinária! E enquanto esta multidão voltava aos seus lugares passando pelos inúmeros corredores do imenso auditório, eram aplaudidos por todos em sinal da nossa felicidade por este dia de Salvação. Isso já havia sido emoção demais, mas logo em seguida Dr. Steve Douglas (presidente mundial da Cruzada Estudantil) ministrou a celebração da Ceia do Senhor. Não dá pra descrever aqui o que é participar da Comunhão com 20 mil pessoas de 130 países. Enquanto o pão e o vinho eram distribuidos assistíamos nos telões cenas do Filme Jesus e meu coração parecia não agüentar tamanha emoção. A visão do sacrifício de Jesus por mim, por todas as pessoas... A celebração da Ceia do Senhor em memória a este sacrifício com representantes de tantos lugares do mundo... Desculpem-me, mas é simplesmente indescritível.
O programa encerrou em clima de grande celebração. Cantamos, dançamos e agradecemos a Deus por tudo o que vimos e ouvimos nestes dias. Assinamos o pacto da CM 2007 (isso fica para um próximo post) e assumimos o compromisso de fazer Cristo Magnificado nos 6 mil campi não alcançados. Eu quero fazer parte disso!

quarta-feira, 4 de julho de 2007

CM 2007 - MOVIMENTOS CONECTADOS

(05/07 – 8h26)
Esta foi a ênfase de ontem. Foi muito legal ouvir a respeito do que Deus está fazendo no movimento em várias partes do mundo. Mas o que tem me impactado muito aqui são os testemunhos de obreiros e estudantes de países fechados.

Dentro do auditório no Bexco existe “No Photo Zones” (áreas onde não se pode fotografar). Enquanto milhares de estudantes estão aqui o dia inteiro tirando fotos de tudo e de todos, outros não podem se arriscar a aparecer. Alguns preletores também não podem ser fotografados, várias pessoas têm dado testemunho dos bastidores, elas ficam com um microfone atrás do palco e os MCs que estão a frente as entrevistam. Ontem uma estudante de país fechado foi entrevistada desta forma e uma frase que ela disse nos impressionou: “Não interessa se eu vou ser perseguida, presa ou morta. Eu vou continuar falando de Cristo”. Ela sabe o que está pondo em risco quando diz algo assim.

Movimentos em todos os lugares até que cada pessoa no mundo conheça alguém que verdadeiramente segue a Jesus!

CM 2007 - Detalhes

video

O louvor
"I am a friend of God, I am a friend of God, I am a friend of God, He calls me friend!"

Pense em algo arrebatador? É como no apocalipse, toda nação, tribo, povo, raça... coisa linda demais! Gente, são vinte mil cabeças louvando, pulando, dançando...



O passeio
Tivemos um dia de folga para conhecer a cidade. Tudo é muito organizado, mas de vez em quando rola uns improvisos que descontraem a coisa (rssss). Eles anunciaram na noite anterior que todos os congressistas estivessem às 9h no saguão do próprio hotel para sair de metrô em grupos de até doze pessoas com um estudante coreano como guia. Daí no dia do passeio, quando o pessoal ia buscar o café-da-manhã recebia a notícia que o passeio tinha sido antecipado para 8h, pense! Parece até vôo da BRA... E não formamos mais os grupos de 12, tinha ônibus para nos levar pela cidade. Nosso ônibus foi para o Mercado de Peixe e Mercado Internacional. Depois nos encontramos com os congressistas que estavam em outros ônibus e embarcamos num passeio de barco durante uma hora. No barco tinha um piano e rolou um louvor internacional, várias pessoas cantando em sua própria língua. Foi um dia gostoso e muito cansativo também. Confesso que entendi porque Jesus dormia tranqüilo no barco durante a tempestade, eu também tirei um cochilo gostoso!



Fotos e mais fotos
Ontem eu estava atravessando a rua pra dar um pulo no hotel durante à tarde e um coreano resolveu me acompanhar. Eu achei que ele estava indo pro hotel também, mas quando chegamos no hall dos elevadores descobri que ele não ia subir, foi andando comigo só pra tirar uma foto! Essa é nossa rotina aqui. É preciso estar sempre bem porque a qualquer momento aparece alguém pra pedir uma foto. Se você estiver de verde-amarelo então...

Simpatia Coreana
O povo aqui é muito simpático. Não apenas os que participam da CM, mas também as pessoas de maneira geral. Mesmo o inglês, poucos falam, mas eles nos atendem com muita gentileza e se esforçam bastante para se comunicar.

Dentro do elevador
Kim: Oi! Meu nome é Kim e eu sei falar portuguese.
Eu: Legal. E você é de Busan mesmo?
Kim: O Brasil é muito legal.
Eu: Ah... E o que mais você fala em português?
Kim: O Brasil é muito legal.
Eu: Você não está entendendo nada do que eu estou falando, né?
Kim: O Brasil é muito legal.
Risos
Kim: Ok, I’m not speak portuguese. (tb não sabe inglês, né?) But, I like futebol e Kaká.
Mais risos.
Assim é a vida na CM.


Brasileiros querem aparecer
Bem, nós somos apenas trinta no meio desta multidão, por isso ontem decidimos ter uma estratégia pra fazer o Brasil aparecer (rssss). Chegamos no Bexco uma hora antes de começar a reunião, todos vestidos de verde amarelo com bandeiras e tudo mais. Sentamos bem próximo a câmera que pega o auditório. Detalhe, acho que tem umas dez câmeras filmando o evento e transmitindo pra 4 super telões dentro do próprio auditório. A estrutura é mega, vou tirar algumas fotos das centrais de controle de mídia e áudio pra vocês terem uma idéia. O fato é que nossa estratégia deu certo. Antes mesmo de começar a programação tiramos tanta foto, mas tanta foto que já tava dando câimbra no rosto (rsss).


Café Brasil
Montamos uma cafeteria na área dos estandes. Estamos servindo legítimo café brasileiro que tem caído, literalmente, na boca do povo. Vendemos o copo e também pra quem quer levar pra casa os pacotes de café Pilão (trouxemos 180 kg de café pra Busan). A KK prepara o café nas máquinas e nós nos revezamos no atendimento em alguns horários do dia. O café brasileiro é um sucesso!

terça-feira, 3 de julho de 2007

CM 2007 - A abertura (outra!) - COMPLETANDO A MISSÃO

Ontem à noite (segunda-feira) tivemos novamente a abertura da CM 2007. Abertura de novo? Explico. A CM está dividida da seguinte forma: de sexta a domingo foi a
Conferencia para Líderes e desde ontem (segunda-feira) até quinta-feira acontece a Conferência principal. Na conferencia para líderes havia cinco mil estudantes de 130 países incluindo a Coréia, mas ontem, para a conferência principal chegou o restante dos coreanos... “apenas” mais DOSE MIL estudantes. Então ao todo, temos agora 17 mil congressistas estudantes (nesta conta não entram os obreiros). Se eu já achava que estava num outro mundo com tanto oriental em volta, agora já não sei mais o que dizer.

É muito emocionante estar aqui. Este post vai ser bem curto por dois motivos: o tempo está realmente muito escasso, mas o motivo principal é que já não estou encontrando palavras pra traduzir tudo o que estamos vivendo aqui.

A abertura da Conferência principal foi um espetáculo do preciosismo coreano. Música e danças típicas da cultura e uma tecnologia apurada. Também aconteceu a Parada das Nações, que foi um desfile de todos os países a la olimpíadas (bandeira e plaquinha com o nome do país, a diferença é que não entrava toda a delegação apenas dois estudantes representando). Tivemos também o testemunho de uma estudante coreana que foi Miss Coréia 2006 e terceiro lugar no concurso de Miss Universo. Foi muito bacana ouvir como ela usou o concurso pra evangelizar. Quem trouxe a palavra nesta noite foi o Dr. Joon-Gon Kin, que falou-nos com a autoridade de quem fundou a KCCC, Korea Campus Cruzade for Christ (a Cruzada na Coréia) há quase 50 anos. Ele recordou-nos da Explo 74 e das coisas que Deus tem feito na Coréia desde então. Que emoção ouvir um homem de Deus como ele!

Vonette Brigth que fundou a Cruzada Estudantil também está aqui e foi seu aniversário ontem. Que privilégio cantar parabéns para ela com quase vinte mil pessoas! À tarde quando estávamos passeando encontramos com ela na rua e cantamos parabéns para ela em português também. Ela é muito animada e começou a falar-nos de quando esteve no Brasil com Dr. Bill Bright. Ela também falou na programação e foi muito impactante para todos nós. Eu fico imaginando o que deve passar no coração dela vendo 17 mil universitários de 130 países reunidos e saber que tudo isso é fruto da obediência dela e de Dr. Bill.




Dia 04/07 - 0h35 local

O dia hoje foi muito intenso. A conferência está dividida em três ênfases e a de hoje era Completando a Missão. Tanto pela manhã como à noite ouvimos palavras muito confrontadoras. Cruzada Estudantil tem falado sempre sobre Ajudar no Cumprimento da Grande Comissão, mas a CM 2007 tem como objetivo enganjar todos no término da missão, queremos que esta geração chegue aos 6 mil “campi prioritários” não alcançados. Estamos Na Jornada Para Movimentos em Todos os Lugares. À tarde tivemos as oficinas. Eles estão oferecendo 26 oficinas, todas excelentes e foi difícil escolher apenas quatro para participar (duas no domingo e duas hoje).

Deus tem falado muito ao meu coração. Tenho certeza de voltar para o Brasil como uma outra visão do mundo e do movimento. Eu creio que nós podemos completar a missão. Eu quero fazer parte disso!

domingo, 1 de julho de 2007

CM 2007 - Curiosidades

Onde estamos hospedados?

Nosso Pai realmente está nos mimando, estamos num hotel quatro estrelas e basta atravessarmos a rua e em um minuto estamos no Bexco, um centro de convenções gigantesco onde acontece a CM (é certo que tem seis meninas no quarto onde só tem duas camas originalmente, mas isso é detalhe), podemos dizer que estamos muito bem instalados, alguns grupos levam uma hora pra chegar ao Bexco.


Como comemos?

A Cruzada na Coréia levantou muito dinheiro pra hospedar e alimentar todos os estrangeiros que participam da CM. Mas como servir esta multidão se apenas no nosso hotel tem 3 mil congressistas? Aqui é que entra a nossa acomodação à cultura local e a logística necessária pra fazer um evento impecável. O café da manhã é servido no quarto, chique, né? Só que é o seguinte: uma pessoa de cada quarto precisa descer entre 6h30 e 7h para buscar o “pacote”. Cada dia uma novidade. Hoje por exemplo, comemos banana, chá de milho (também chamado vulgarmente por nós de suco de pipoca) e arroz! Mas não imagine o arroz como você está habituado. Pra ter uma idéia, ontem à noite quando acabou a celebração entrou um vídeo engraçado ensinando como desembrulhar o arroz...

Esquema parecido acontece no almoço e jantar, só que aí é cada um por si. Eles montaram um posto de distribuição de comida. Você chega e retira sua refeição que vem numa espécie de bandeijão lacrado. Daí você senta em qualquer lugar... do chão e come! Bem, não é tão simples assim... muitas vezes a gente tem que decifrar o que estão nos dando pra comer. Estamos provando tudo, nem tudo é bom... Tem muita pimenta que acompanha... mais pimenta! É assim: a pimenta vermelha acompanha a pimenta verde. E o arroz? Bem o arroz é servido gelado, e isso não é força de expressão, quando digo gelado é gelado mesmo, do tipo que foi tirado do congelador e por isso naturalmente chega a nós em consistência de pedra... Ah, o arroz não tem gosto de nada (por que eles comem tanto então?). Comida coreana... simples assim.



O supermercado...

Perto do Bexco tem um mercado chamado Home Plus, que virou o point dos congressistas. É um mercado enorme, tipo Carrefour. Teve dia que a gente foi lá umas três ou quatro vezes. Se você não tem o que fazer, vá ao mercado (rssss). Não que a cidade seja feia, mas é que como o mercado tem de tudo é realmente uma boa opção pra atender as nossas necessidades e não temos muito tempo para explorar os arredores. Agora é uma comédia também porque algumas vezes não entendemos nada, poucas coisas são escritas em inglês e a maioria dos coreanos não fala inglês.

Amanhã (segunda) teremos o dia livre para passear pela cidade. Os coreanos vão nos guiar em grupos de dez a doze pessoas, acho que vai ser muito legal. Assim que der vou colocar fotos no orkut.